Os Abençoados

segunda-feira, 21 de novembro de 2011

Igreja Primitiva

Igreja Primitiva
É interessante ver muitos pregadores reivindicando para suas denominações status de "Igreja Primitiva". É uma forma de aproximar a realidade de hoje, completamente desvirtuada de cristianismo verdadeiro, dos dias em que Jesus Cristo e os seus apóstolos caminhavam sobre a terra. Cheira a autenticidade. Mas a história não é bem assim. Aliás, passa longe disso. Senão vejamos o texto acima citado, que retrata de forma clara e objetiva o que era de verdade a primeira igreja cristã da história da humanidade. 

1. A DOUTRINA DOS APÓSTOLOS. Quando a Bíblia usa termo, obviamente quer se dirigir à Palavra de Deus e à revelação de Jesus Cristo como Senhor e Salvador, e nem uma palavra a mais. Observe a pregação de Pedro no dia de Pentecostes. Ele citou textos de Joel, Salmos e completou com o evangelho da salvação. Foi mais do que suficiente. Romanos 10.17 diz claramente que a fé vem pelo ouvir, e ouvir a Palavra de Deus. Isso implica que na igreja de Deus não há espaço para a pregação de modismos e tradições. Aliás, a defesa da tradição sempre foi algo que pertenceu à Igreja Católica Apostólica Romana, mas que de repente invadiu as igrejas evangélicas, que hoje defendem suas tradições, muitas vezes anti-bíblicas, para manter seus usos e costumes. São as famosas doutrinas de homens. Isso não existia na igreja primitiva. Sua igreja é assim? 

2. A COMUNHÃO. Cristo sempre ensinou sua igreja a andar unida. Eclesiastes 4.9-12 "Melhor é serem dois do que um (...), se um cair, o outro levanta seu companheiro. Mas ai do que estiver só, pois, caindo, não haverá quem o levante. Se alguém quiser prevalecer contra um, os dois lhe resistirão. O cordão de três dobras não se rompe tão depressa.". O que se vê hoje é o contrário, o prevalecente do eu, do individualismo. Isso não existia na igreja primitiva. Sua igreja é assim? 

3. O PARTIR DO PÃO. Virou piada. O que Cristo demonstrou como sinal de integração se perdeu no tempo. Nosso Senhor gostava de ver as pessoas se alimentando, e não só de alimento perecível, mas também da Palavra, do Pão vivo que desceu do céu. "Nem só de pão vive o homem, mas de toda palavra que sai da boca de Deus." (Mateus 4.4). O partir do pão, algo tão corriqueiro na igreja de Jerusalém, nos dias de hoje resume-se a rodinhas de amigos, as famosas "panelinhas". Integração é coisa estranha no meio dos crentes. Acabou ou culto, tchau, até domingo que vem. Isso não existia na igreja primitiva. Sua igreja é assim?
4. ORAÇÕES. Dos males o menor. Parece que da herança da verdadeira igreja cristã, a prática da oração é a única coisa que tem resistido ao tempo. É certo que se isso também tivesse sido desvirtuado, não haveria mais igreja na face da terra. Convém ressaltar também, por outro lado, que de todos os aspectos citados no texto que compunham a igreja de Atos, a oração é o mais pessoal deles, não exigindo, a grosso modo, "interatividade" entre os cristãos. Sua igreja é assim? 

Observe que não eram ações esporádicas. O texto é claro em dizer que eles PERSEVERAVAM nisso tudo. E este foi sem dúvida o segredo de serem abençoados: PERSEVERAR (Mateus 10.22) "Aquele que perseverar até o fim será salvo." 

Além disso, em Atos 2.46 diz "perseveravam unânimes TODOS OS DIAS no templo. Que vergonha! Queremos ser a igreja primitiva dos dias atuais, mas reclamamos de estar nos cultos mais do que duas ou três vezes por semana. Tem gente que diz que mais do que isso é um exagero. Tem uns rebeldes que vão mais longe e afirmam que "não é preciso estar na igreja, posso fazer meu culto na minha sala de jantar!". Sabe como Deus respondeu aos apóstolos? Atos 2.47 diz "E todos os dias acrescentava o Senhor a igreja aqueles que iam sendo salvos." 



Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Participe e ganhe!

Nos Acompanhe!

Facebook - Curta nossa Página…

Tecnogospel

Missões e Evangelismo

Vivos! O site da fé Cristã!

Publicidade

Divulgador

Publicidade